• document2
  • document

Os Dizeres da Direção de Arte: Os Discursos não Verbais Presentes nos Cartazes da Saga Cinematográfica - Harry Potter

Publicado em PesquisaPP

A Direção de Arte está presente em nossas vidas, seja em peças publicitárias, peças digitais ou filmes. Cores, luzes, sombras, harmonias, pesos e tipografia.

Todos são elementos que compõem a Direção de arte, que pode ser comparada a um para-brisas de um carro que, apesar de sua transparência frente a uma paisagem, está presente e cumpre uma função, atuando nas características da viagem e na experiência dos passageiros. Com base no referencial teórico da Análise do Discurso Francesa de Michel Pêcheux, este trabalho busca analisar os “dizeres” da Direção de Arte, isto é, os elementos não-verbais dotados de opacidade, e que constroem sentidos nos cartazes da saga cinematográfica Harry Potter. Estes elementos não-verbais, em conjunto, constroem um sentido para a mensagem que se quer passar, seja uma peça ou um filme. A partir de um modelo metodológico de coleta, seleção e análise de dados pretende-se observar os discursos transmitidos nesses cartazes e de que forma a Direção de Arte fala através de elementos imagéticos. Após a análise dos cartazes, pretende-se entender como os eles influenciaram e foram influenciados pelo contexto publicitário da época.

Orientador(a): Prof. Me. João Flávio de Almeida

Aluno(s): ANDREIA DAMARES DE A. MONGELOS, YAN DE SOUZA SIQUEIRA

Localização

FanPage