• document2
  • document

 

Unaerp é bicampeã no Fest Aruanda 2015

 Documentário realizado pelaTV Unaerp e Curso de Jornalismofica em primeiro lugar no Festival

 O documentário intitulado “Baque Chamou” produzido por alunos do Curso de Jornalismo da Unaerp com apoio da TV Unaerp, ganhou o primeiro lugar na 10º Edição Fest Aruanda.

  “Baque Chamou” produzido pelos alunos Thiago Ramos, Rafaela Alves, Giovana Arduino, Júlio Fontes e Caroline Silva traz ritmos, cores e danças do maracatu, que surgiu em meados do século XVIII e ganhou espaço em Ribeirão Preto com os grupos Maracatu Chapéu de Sol e Maracatu Navegante. O vídeo faz um retrato da manifestação cultural que brotou nas senzalas de Pernambuco e atravessou o país resistindo ao tempo. 

“É o segundo ano consecutivo que a Unaerp leva o primeiro lugar em Aruanda. O ano passado foi o documentário ‘O Pedro’ que ficou com o prêmio. Isso mostra que estamos no caminho certo”, conta a professora que orientou o trabalho e também é coordenadora da TV Unaerp, Flávia Martelli.

  O Fest Aruanda realizado em João Pessoa na Paraíba é atualmente o principal festival com uma categoria de produção de TVs universitárias, com premiações de melhores reportagens, programas de TV, interprogramas e documentários. “Essa premiação, que tem amplitude nacional, é o reconhecimento da qualidade do trabalho que produzimos aqui”, diz Gil Santiago, coordenador do Curso de Jornalismo da Unaerp.

  “Foi um trabalho de equipe onde todos se envolveram e se emocionaram. Difícil descrever o que estamos sentindo com essa premiação”, diz Thiago Ramos, aluno de jornalismo da Unaerp,  que propôs a temática ao grupo para a realização do vídeo. “Nós abraçamos a ideia e aprendemos muito com esse trabalho, que foi um importante resgate histórico e social”, contam Giovana Arduino e Caroline Silva. “E não podemos esquecer de agradecer a Universidade por todo o apoio e também aos grupos Maracatu Chapéu de Sol e Maracatu Navegante pela receptividade e a oportunidade de poder documentar a alegria dessas bandas que mantém a chama dessa história acesa”, complementam Rafaela Alves e Júlio Fontes.

 Também nesta edição do Fest Aruanda, outro documentário da Unaerp, “Desenformar”, ficou entre os 7 finalistas na categoria TV universitária, concorrendo com vídeos das Universidade Mackensie de São Paulo, PUC do Rio de Janeiro e USP de Piracicaba. Foram mais de 50 trabalhos avaliados por uma comissão julgadora formada de professores e profissionais da área do audiovisual.
 
Assista aos dois documentários:

 

“Baque Chamou” (1º lugar):  https://www.youtube.com/watch?v=p6cffXO_U10
 
“Desenformar” (entre os 7 finalistas):  https://www.youtube.com/watch?v=vNRgORduduc

 

BAQUE_CHAMOU
Documentário “Baque Chamou”   fica em 1º lugar no Fest Aruanda                           Foto Thiago Ramos  

 

 

 

foto_maracatu2
 Produção do documentário durante o arrastão do Maracatu em Ribeirão Preto            Foto Thiago Ramos  

 

 

 

fotos_maracatu4
 Equipe de alunos na produção do documentário “Baque Chamou”                            Foto: Rafaela Alves

 

 

 

 

Localização

FanPage